frases, fragmentos, textos, poesia
publicado por F-R-A-G-M-E-N-T-O-S, em 12.09.11 às 01:47link do post | favorito

O calor cola. A tarde arde e arqueja.

Ela arfa, sem querer, nas leves vestes

e num étude enérgico despeja

a impaciência por algo que está prestes

 

a acontecer: hoje, amanhã, quem sabe

agora mesmo, oculto, do seu lado;

da janela, onde um mundo inteiro cabe,

ela percebe o parque arrebicado.

 

Desiste, enfim, o olhar distante; cruza

as mãos; desejaria um livro; sente

o aroma dos jasmins, mas o recusa

num gesto brusco. Acha que á faz doente.

Rainer Maria Rilke


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

29
30


posts recentes
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds