frases, fragmentos, textos, poesia
comentar
publicado por F-R-A-G-M-E-N-T-O-S, em 09.09.11 às 04:45link do post | favorito

Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo. 

Pablo Neruda


mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

29
30


posts recentes
pesquisar
 
blogs SAPO